Please reload

Últimas postagens

Aprendizagem entre todas as gerações é destaque no 5° módulo do PDC ZN PermaSampa

     Aconteceu nos dias 10 e 11 de novembro, o 5º módulo do Curso de Design Permacultural (PDC) na Zona Norte de São Paulo, do Coletivo PermaSampa apoiado pelo Fundo Socioambiental CASA, em parceria com a Comunidade Cultural Quilombaque, Grupo Sambaqui, Espaço Cultural Jd Damasceno e Instituto Casa da Cidade, com apoio financeiro do Fundo Socioambiental Caixa e Fundação OAK.

 

        Em suas itinerâncias pela Zona Noroeste de São Paulo, o curso foi realizado neste módulo na Quilombaque Perus que, desta vez, recebeu através do edital uma composteira Humi da Morada da Floresta. A feliz surpresa foi que quem coordenou a montagem e a explicação de funcionamento foram as crianças que estavam presentes no dia, filhas de educadores e participantes do curso. Essa felicidade vem da esperança de um mundo melhor, ao reconhecer que essa nova geração tem a oportunidade de entrar em contato tão cedo com as técnicas de cuidados com os ciclos da Terra e, explicá-las com tanta simplicidade, leveza e diversão, que resíduo é recurso e não lixo.

 

 
       Envolvidas com as mais diversas atividades, entre brincar com argila e desenho, as crianças marcaram presença neste módulo, mostrando que além do curso de permacultura se mostrar um ambiente amigável para elas, reafirma o quanto podemos nos apropriar com naturalidade desses conhecimentos ancestrais, que ajudarão a criar um futuro melhor para todos nós. 

 

 

 

 

      Além desse encontro entre gerações, tivemos também a oportunidade de ter aulas com novos educadores no PDC, experientes e pioneiros articuladores e militantes da região, engajados na luta popular de mobilização social, cultural e ambiental da região, desde as eclesiais de base, como José Soró que atua na Quilombaque Perus e Ana Sueli que se tornou parceira do Coletivo PermaSampa ao participar de um dos cursos anteriores que teve forte atuação no Espaço Cultural Jardim Damasceno. Eles, junto do Lucas Ciola que atua entre outros projetos no Assentamento Comuna da Terra Irmã Alberta, retomaram temas de base importantes como o pensamento de Paulo Freire, para este módulos de Estruturas Invisíveis com os temas estratégias para organização social e questões legais, e planejamento participativo em comunidades.

 

 

Tivemos também a aula do Vinicius Pereira, sobre design permacultural em situações de catástrofe, considerando também como catástrofes crimes ambientais causados pela ação humana e, trazendo a reflexão sobre o entorno e quais eventos desse porte acometem o dia-a-dia dos participantes que vivem na região noroeste da cidade e como poderiam solucioná-las através das técnicas aprendidas durante o curso, considerando estas informações nos projetos de design que estão sendo desenvolvidos. Tal reflexão trouxe uma visão de continuidade nas atividades do curso que está chegando ao fim.

 

   Aconteceu também a pré-apresentação dos projetos de design permacultural elaborados pelos participantes do curso para a sede da Quilombaque Perus, com as devidas observações e considerações para a apresentação final por parte da coordenação pedagógica da Andressa Capriglione e pela educadora Nádia Recioli.

 

 

   Todas as refeições deliciosas foram novamente realizadas na cozinha da quilombaque, construída com paredes de terra, sob o comando de Raquel Blaque, da Creative Commes, e Larissa Nakamura, cursantes dos nossos pdcs anteriores.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload